Radiofrequência

O que é?

O conceito básico desta técnica é a geração de calor no tecido subcutâneo, que induz a produção de novas fibras colágenas e melhora o aspecto da pele. É um aparelho que emite ondas eletromagnéticas, formando um campo magnético na região a ser tratada. Em consequência disto à temperatura chega até 42 ºC na epiderme, favorecendo a produção de colágeno.

Atuação na gordura localizada: O calor profundo, proporcionado pela radiofrequência, atua na célula de gordura, melhorando seu metabolismo, aumentando a oferta e a difusão de nutrientes, diminuindo o estoque de energia (triglicérides) e contribuindo para a redução de seu volume. 

Atuação na celulite: A radiofrequência atua na inflamação causada pela celulite no tecido adiposo. Com a melhora da gordura localizada, um dos pilares para a formação da celulite, acontecerá a melhora do aspecto da celulite. Em adição, em técnicas em que o vácuo está associado o método funciona também como uma drenagem linfática, contribuindo para a redução de toxinas nos tecidos. 

Atuação no colágeno: O aparelho de radiofrequência aquece o tecido através da corrente elétrica, ocorrendo a produção da temperatura acima do normal, que gera a contração imediata do colágeno e remodelação da fibra de colágeno e elastina já existentes. Após o tratamento observa-se o estímulo dos fibroblastos para produção de novo colágeno. 

Indicações

Flacidez cutânea, adiposidade localizada, celulite.

Duração da sessão: 20 minutos

Frequência: a cada 15 dias para flacidez e Facial/ 1x por semana para Gordura e Celulite

Mínimo de sessões: 5

Contraindicações: Gestante, pacientes com implantes metálicos na região a ser tratada, marca-passo, puerpério com amamentação, DIU de cobre (para região abdominal), tumores malignos, obesidade mórbida, dislipidemia, litíase renal, Câncer.

Bem vinda ao seu

Agende uma avaliação gratuita

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *